Português

Câmaras negras

 

La Câmara preta do palco do neoclásico Teatro Sociale de Como.A Câmara preta foi confeccionada de COS - Oscurante segundo o modo clássico (WCP - Faixa, WOC - Ilhoses e WLA - Laços no topo, bordas aos lados, bainha para o pé), e é composta por 18 partes:- doze pernas (seis de cada lado) de 3 x h 9 m;- cinco bambolinas de 19 x h 3 m; - um cenário de 19 x h 10 m.A Câmara preta instalada de modo acadêmico, mas sem as quatro primeiras bambolinas, cuja ausência assim deixa vislumbrar a antiga Tramóia de madeira. Teatro Sociale
Ver todos
As partes que constituem uma ''Câmara preta clássica'' com as pernas montadas inclinadas para a frente do palco.A - cortinaB - bambolina da cortinaC - bastidorD - pernaE - bambolinaF - cenário1 - proscênio2 - espaço do palcoAs pernas devem poder ser instaladas de uma forma diferente desta, a depender do tipo e dos requisitos da representação.
Câmara preta clásicaA inclinação das pernas tem a função de fechar a vista das áreas de serviço do palco proporcionando um acesso suficientemente fácil para o palco a partir de cada posição lateral.A - cortinaB - bambolina da cortinaC - bastidorD - pernaE - bambolinaF - cenário1 - proscênio2 - espaço do palco
Câmara preta retaÉ usado em instalações onde você precisa de acesso fácil ao palco de muitos perfomers ao mesmo tempo, por exemplo, em produções de ballet clássico.Para evitar as aberturas nas pernas, estas tem de ser montadas de uma forma mais estreita e, portanto, se monta habitualmente um número maior do que da Câmara preta clássica.D - pernas
Câmara preta abertaA instalação das pernas de acordo com este esquema permite, se necessário, de alargar o palco.É geralmente evitada a passagem quando a cortina é aberta de actores e cenas entre o palco e as áreas de serviço, porque o ponto de vista destes últimos é descoberto pelo inevitável movimento das pernas.D - pernas
A Câmara preta do Teatro Sociale de Como levantada até a altura da Tramóia.As partes da Câmara preta devem poder ser facilmente deslocadas para acomodar as necessidades do cenário. Teatro Sociale
Uma vista do palco com a Câmara preta instalada em um modo clássico e serviços de baixo. Teatro Sociale
A Câmara preta aqui está montada ''reta'', com a disposição utilizada especialmente para a preparação dos bailados clássicos, para permitir a passagem sem problemas de muitos dançarinos durante as representações.Para evitar os buracos, as pernas são instaladas mais próximas que na montagem ''clássico''.
A Câmara preta tem a tarefa de definir o espaço da cena a partir das áreas de serviço do palco que devem permanecer escondidas da vista.

Normalmente não é iluminada e, quando acontece, não tem que refletir a luz, mas absorver a luz.
Além, tem que escurecer, isso é servir como uma barreira a qualquer luz fixada atrás disto (iluminaçãode cena e luzes das áreas de serviço).

Normalmente é fabricada com tecidos pretos que absorvem a luz, e que actuam como uma barreira à luz, tais como:

Veja também ...

Claudio Baglioni, ''Q.P.G.A.''

Concertos

Opera House do Cairo

Cortinas para teatros históricos

Sala de espectáculos

Cortinas para instalações polivalentes

Studio Foce

Cortinas para instalações polivalentes

Teatro Amilcare Ponchielli

Cortinas para teatros históricos

Teatro Comunale de Oleggio

Cortinas para instalações polivalentes

Teatro Comunale di Casalmaggiore

Cortinas para teatros históricos

Teatro Comunale, ''Orphée et Eurydice''

Ópera lírica

Teatro Grande

Cortinas para teatros históricos

Teatro Martinetti

Cortinas para teatros históricos

Teatro Massimo

Cortinas para teatros históricos

Teatro Municipal, ''Macbeth''

Ópera lírica

Teatro Regio di Parma, ''A condenação de Fausto''

Ópera lírica

Teatro Rossini

Cortinas para teatros históricos

Teatro Sociale Bonoris

Cortinas para teatros históricos

Teatro Sociale de Canzo

Cortinas para teatros históricos

Teatro Vittorio Alfieri

Cortinas para teatros históricos

Théâtre de l'Opéra de Lille

Cortinas para teatros históricos